apesar de temerem novas quedas, produtores seguram seu produto

spot_img

O mercado brasileiro de soja segue travado, com reportes pontuais de negócios. Os preços caíram nesta quarta-feira (17), acompanhando o movimento de Chicago.

Os produtores seguram seu produto, ainda que com medo de novas quedas. Os negócios registrados são
“da mão para a boca”, com as melhores ofertas com vencimento mais à frente, em julho ou agosto.

  • Passo Fundo (RS): caiu de R$ 131 para R$ 130
  • Região das Missões: baixou de R$ 130 para R$ 129
  • Porto de Rio Grande: decresceu de R$ 141 para R$ 138,50
  • Cascavel (PR): passou de R$ 130 para R$ 128,50
  • Porto de Paranaguá (PR): desvalorizou de R$ 137,50 para R$ 136
  • Rondonópolis (MT): recuou de R$ 117 para R$ 115
  • Dourados (MS): caiu de R$ 123 para R$ 121
  • Rio Verde (GO): passou de R$ 120 para R$ 118

Soja em Chicago

dinheiro - bólar - banco central - contas externas - países pobres

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a quarta-feira com preços em queda.

O mercado acompanhou o fraco desempenho dos produtos vizinhos. Trigo e milho caem pela perspectiva de renovação do acordo do corredor de exportação do Mar Negro.

O cenário fundamental segue pressionando as cotações. Pelo lado da oferta, a expectativa é baixista. O mercado ainda assimila os números divulgados na sexta-feira (12) pelo Departamento de Agricultura
dos Estados Unidos (USDA).

Além disso, há preocupações com a economia chinesa, o que poderia determinar um desaquecimento da demanda pela oleaginosa.

Contratos futuros

Os contratos da soja em grão com entrega em julho fecharam com baixa de 27,00 centavos ou 1,97%
a US$ 13,37 por bushel. A posição novembro teve cotação de US$ 11,87 por bushel, com perda de 10,50 centavos de dólar ou 1,61%.

Nos subprodutos, a posição julho do farelo fechou com perda de US$ 1,60 ou 0,37% a US$ 425,30 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em julho fecharam a 46,41 centavos de dólar, com perda de 1,04 centavos ou 2,19%.

Câmbio

O dólar comercial encerrou a sessão com queda de 0,14%, sendo negociado a R$ 4,9330 para compra e a R$ 4,9350 para venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,9230 e a máxima de R$ 4,9720.

Published on

últimos artigos

Aplicativos para ler livros grátis

Atualmente, a chance de ler livros grátis se tornou mais acessível do que nunca. Com...

Como Assistir Novelas com Aplicativos?

Você já imaginou poder assistir novelas com aplicativos a qualquer hora e em qualquer...

Aplicativos para Assistir Novelas Turcas

Se você é fã das emocionantes novelas turcas, sabe o quanto é importante ter...

Apps Grátis para Ouvir Rádio Ao Vivo

Você adora ouvir rádio ao vivo e quer saber como sintonizar as suas estações...

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para ler livros grátis

Atualmente, a chance de ler livros grátis se tornou mais acessível do que nunca. Com...

Como Assistir Novelas com Aplicativos?

Você já imaginou poder assistir novelas com aplicativos a qualquer hora e em qualquer...

Aplicativos para Assistir Novelas Turcas

Se você é fã das emocionantes novelas turcas, sabe o quanto é importante ter...