aumento na oferta resulta em queda nos preços

Publicidade

boi, integração lavoura-pecuária

O mercado físico do boi gordo registrou preços mais fracos nesta sexta-feira (12), devido ao aumento na oferta.

De acordo com a Safras & Mercado, o volume de animais ofertados está aumentando, o que é comum para esta época do ano, quando os pecuaristas têm dificuldade em reter o gado.

Além disso, há um grande número de fêmeas disponíveis devido aos preços pouco atrativos no mercado de reposição.

A oferta proveniente da região Norte, tanto de gado em pé quanto de derivados do abate, está exercendo pressão sobre os preços em outras partes do país, segundo o analista Fernando Henrique Iglesias.

  • Em São Paulo, a arroba do boi foi cotada a R$ 262.
  • Em Dourados (MS), o valor ficou em R$ 247.
  • Em Cuiabá, foi indicado o preço de R$ 236 por arroba.
  • Já em Goiânia, Goiás, o valor indicado foi de R$ 230 por arroba do boi gordo.
  • Em Uberaba (MG), o preço da arroba foi de R$ 252.

Boi no atacado

O mercado atacadista apresentou novamente preços estáveis para a carne bovina nesta sexta-feira.

Após o feriado de Dia das Mães, é esperado um declínio mais significativo, devido à menor demanda, somado ao aumento na oferta de carne bovina devido ao aumento no volume de abates.

Além disso, os frigoríficos ainda estão com estoques elevados neste momento, observou Iglesias.

  • O preço do quarto traseiro permaneceu em R$ 19,70 por quilo.
  • O quarto dianteiro manteve-se em R$ 14,50 por quilo.
  • Já a ponta de agulha foi cotada a R$ 14,55 por quilo.

Popular