China pede investigação de ‘ato de violência’ no Rio de Janeiro

Publicidade

Na última quinta-feira (16), um homem não identificado lançou um explosivo contra o prédio do Consulado Geral da China, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro

Em nota divulgada neste sábado (18), a representação chinesa classificou o ocorrido como “um grave ato de violência“.

Não terá sucesso qualquer conspiração de pouquíssimas pessoas em destruir a amizade China-Brasil“, diz um trecho da nota.

Pequim ainda manifestou “veemente condenação” ao ato, pedindo uma investigação minuciosa, a punição do culpado nos termos da lei, além das medidas cabíveis para evitar que incidentes similares voltem a ocorrer. 

O desenvolvimento sem sobressalto das relações sino-brasileiras corresponde aos interesses essenciais dos dois países”, acrescenta o Consulado da China.

VerMatéria Original

Popular