Como evitar a queda de idosos?

Publicidade

Saber evitar a queda de idosos é fundamental para protegê-los de acidentes que possam colocar a saúde em risco. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo com uma série de considerações que podem ajudá-lo nessa missão tão importante. Não deixe de conferir!

Como evitar a queda de idosos?

Observar o ambiente, estimular a prática de exercícios físicos, orientar quanto ao uso de dispositivos de apoio, dentre outras medidas, é fundamental para evitar a queda de idosos. A seguir, descrevemos essas e outras dicas que podem ser colocadas em prática no seu lar para promover mais segurança ao idoso que vive com você:

1. Mantenha os ambientes bem iluminados

Os ambientes precisam ser bem iluminados para que o idoso possa enxergar tudo com clareza e maior exatidão. Afinal, ambientes pouco iluminados podem mascarar alguns tipos de obstáculos que podem aparecer no meio do caminho, como é o caso de fios ou brinquedos no chão.

2. Remova tapetes soltos e objetos no chão

Os tapetes soltos e outros tipos de objetos que podem causar tropeços devem ser removidos do chão o quanto antes. Sempre faça uma verdadeira análise profunda dos cômodos, para se certificar de que não há nada que possa atrapalhar o idoso de caminhar com segurança.

3. Incentive as atividades físicas

As atividades físicas ajudam a fortalecer a musculatura e os ossos. Além disso, elas melhoram o reflexo e a flexibilidade da pessoa. Por isso, incentivar essa prática é crucial para evitar a queda de idosos. Considere levar o idoso para caminhar, passear em um parque, dançar, etc.

4. Mantenha os exames de visão sempre em dia

Os exames de visão devem ser mantidos em dia, pois, às vezes, o motivo da queda é a dificuldade para enxergar. Caso os exames estejam sempre em dia, torna-se possível investir no uso de lentes e de óculos que realmente auxiliem o idoso a compreender a sua posição dentro dos ambientes e espaços. Logo, é possível evitar a queda de idosos em casa e em demais ambientes por conta disso.

5. Invista em corrimão e barras de apoio

O uso de corrimão e de barras de apoio também é uma boa ideia. E esse tipo de dispositivo nem precisa ser usado apenas quando a mobilidade está super reduzida. Pelo contrário! É possível implementá-lo no ambiente antes de isso acontecer, para que sirva de segurança para o idoso, caso ele venha a se desequilibrar por algum motivo em algum momento. Afinal, não devemos nos esquecer de que a prevenção é melhor do que remediar, concorda?

6. Considere o uso de dispositivos de apoio

Por fim, considere o uso de dispositivos de apoio no dia a dia, caso a mobilidade do idoso já esteja reduzida. É o caso de você investir no uso de andadores ou bengalas de apoio, por exemplo. Desse modo, além de incentivar a autonomia do idoso – já que ele terá um apoio a mais para se locomover -, torna-se possível investir em mais segurança também.

Considere essas dicas e lembre-se de conversar com um profissional da saúde para ter orientações mais personalizadas para o caso da sua família.

Como evitar queda de idosos?

Alguns cuidados importantes devem ser tomados para evitar a queda de idosos. Foto: Canva.

Gostou? Deixe seu comentário no final da página.

Veja o que é sucesso na Internet:

Popular