Dono do Chelsea se arrependeu de ter demitido Thomas Tuchel

Publicidade

Atualmente no Bayern de Munique, Thomas Tuchel acabou sendo demitido do Chelsea após derrota por 1 a 0 para o Dínamo Zagreb, pela Liga dos Campeões. No entanto, o dono dos Blues, Todd Boehly, reconheceu que não foi sua melhor decisão.

De acordo com o Daily Mail, o mandatário teria admitido para pessoas próximas que foi precipitado ao demitir o alemão. A intenção do Chelsea não era mantê-lo no cargo por muito tempo, mas acreditam que a melhor escolha seria ter Tuchel, ao menos, até o fim da temporada.

No entanto, Boehly estava ansioso para reformulação no Chelsea e acabou contratando Graham Potter e demitindo Tuchel de forma muito rápida. No entanto, nem o ex-Brighton e nem Lampard conseguiram melhorar o nível de atuação do clube londrino.

A preparação dos Blues acabou ficando para a próxima temporada, tendo em vista que as chances de disputarem uma competição europeia está descartada. Por enquanto, o Chelsea busca um novo treinador para iniciar o projeto.

Popular