Espanha convoca o novo embaixador russo pelos “ataques” ao Governo espanhol nas redes sociais

spot_img

  • O Foreign Affairs convocou-o em protesto contra os “ataques” das redes sociais da Embaixada da Rússia, sobretudo devido a um tweet em que se insinuava a presença de soldados espanhóis na Ucrânia.

  • A Espanha exigiu do embaixador russo a retirada imediata de uma publicação criticando a ministra da Defesa, Margarita Robles, com um vídeo de combatentes espanhóis.

  • Várias páginas da web da OTAN sofrem um ataque de computador.

Anúncios

O Ministério das Relações Exteriores convocou e manteve uma reunião na quinta-feira com o novo embaixador da Rússia em Madrid, Yuri Klimenkoem protesto contra os “ataques” ao governo espanhol das redes sociais da Embaixada da Rússia e especialmente para um tweet em que ele insinuou a presença de Militares espanhóis na Ucrânia.

Conforme confirmado ao Europa Press esta sexta-feira por fontes diplomáticas, o departamento que dirige José Manuel Albares exigiu do embaixador russo o remoção imediata de um cargo em que o ministro da Defesa foi criticado, Daisy Robles, com um vídeo de lutadores espanhóis. E eles especificaram isso da Embaixada da Rússia este conteúdo foi removido antes do encontro.

O Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e Globais, Ángeles Morenotransmitiu ao embaixador russo em Madrid a sua “forte rejeição” a este tipo de publicações e iniciativas. A reunião decorreu ontem de manhã na sede do Ministério, indicaram as fontes.

Este evento ocorreu poucos dias depois que o novo embaixador Klimenko apresentou sua credenciais perante o rei Felipe VI. Ele fez isso na última quinta-feira em um ato privado no Palacio de la Zarzuela e não no Palácio Real de Madri, como é tradição, dadas as circunstâncias particulares que cercam a Rússia devido à invasão da Ucrânia.

Mais uma “arma de desinformação” da Rússia

Foi esta quarta-feira que a Embaixada da Rússia, através da sua conta oficial no Twitter, partilhou um vídeo de duas pessoas em trajes militares sendo ouvidas falando em espanhol. E acrescentou algumas declarações do ministro da Defesa espanhol negando a presença de tropas espanholas na Ucrânia, insinuando que não era esse o caso.

algumas horas depois, a Embaixada retirou a publicação e, ao mesmo tempo, o Ministério da Defesa negou a presença de soldados espanhóis em solo ucraniano. “É categoricamente falso que haja soldados espanhóis na Ucrânia. Este tuíte é uma das muitas armas de desinformação usadas pela Rússia.”garantiu à Europa Press um porta-voz do Ministério.

Publicado em

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para Simular Maquiagem

Se você gosta de testar diferentes looks e estilos de make, você está no...

Melhores Apps de Bate-papo e Namoro para Pessoas com Mais de 50 Anos

Encontrar conexões significativas é importante em qualquer fase da vida. Para pessoas com mais...

Aplicativo Manual do Eletricista

No mundo moderno, a eletricidade é essencial em nossas vidas diárias, e saber lidar...