EUA acusam Irã de ataque contra navio petroleiro

Publicidade

Os governos dos Estados Unidos e do Reino Unido acusaram, neste domingo (1º), o regime islâmico do Irã por um ataque a um petroleiro gerido por uma firma de Israel.

A agressão iraniana aconteceu na costa de Omã na última quinta-feira (29).

O navio atacado foi o Mercer Street, embarcação de propriedade japonesa que navega com bandeira da Libéria e que é administrado pela empresa israelense Zodiac Maritime.

Dois membros da tripulação, um cidadão britânico e outro romeno, morreram durante a ação.

O regime em Teerã, no entanto, nega responsabilidade no episódio.

As autoridades americanas e britânicas disseram que o ataque foi feito com um drone, e que seus dados de inteligência apontam para o envolvimento do Irã.

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, afirmou que, “depois de revisar as informações disponíveis, estamos convencidos de que o Irã realizou este ataque“.

VerMatéria Original

Popular