Fábio Gomes no coração da MassaJogada 10

spot_img

Anúncios

A relação de jogadores do Atlético com sua torcida sempre foi de passionalidade e catarse. Não há morno nessa relação, o Galo é sinônimo de ebulição.

O time de Tony Mohamed venceu o Pouso Alegre por 3×2 no sábado (26), nos acréscimos e Fábio Gomes foi o dono do gol dos três pontos da liderança. Obviamente, não se pode esquecer do bom Sasha que fez dois tentos e mesmo como reserva do Galão da Massa, chegou ao décimo sexto gol no clube, ainda tendo seis assistências.

Imponderável

Acontece que, historicamente o Atlético teve superações de artilheiros que “penaram” na desconfiança do torcedor atleticano. Dario, segundo maior artilheiro do Galo na história com 211 tentos, sofreu dentro e fora de campo. Antes de se firmar, até como gandula foi tratado pelos colegas, foi ridicularizado por ser caneleiro, mas o fim da história todos sabem e tem até estrela amarela.

Mais recentemente, outro contestado e que passou apertos foi Renaldo, o “baiano que veio do Paraná”. Antes de convencer a torcida, desbancou Reinaldinho Rosa (promessa que não vingou) e até Renato Gaúcho. Renaldo fez 79 gols pelo Atlético, foi artilheiro do Brasileirão de 1996 com Paulo Nunes, foi “carrasco” do Cruzeiro, ganhou o Mineiro de 1995 e hoje é louco pelo Atlético manifestando isso em todas as suas redes sociais.

E o Fábio Gomes ? Conclusões?

Fábio Gomes, 24 anos, chegou ao Galo logo após a saída de Diego Costa, mas nunca foi tratado como reposição do artilheiro hispano-brasileiro.

Fábio teve destaque na série B de 2019 quando foi artilheiro daquele certame com 18 gols quando jogava pelo Oeste. Antes de vir para o Galo estava no NY Red Bulls (USA).

Pelo Galo, Fábio acumula 317 minutos jogados, o equivalente a 3,5 partidas inteiras, com dois gols e uma assistência, ou seja três participações diretas em gols para quem jogou em minutos o equivalente a três partidas e meia.

Ninguém está concluindo que ele será um novo Dadá ou quiçá um Renaldo, mas há muita pressa em concluir sobre ele não ser “útil”. Talvez, a necessidade de exprimir opiniões de forma açodada pouco ajuda, mas pode gerar muitas curtidas para quem promove tais previsões. Quem faz o espantalho de jogadores do Atlético atual precisa também estar apto a ter um repertório grande de desculpas para não dar o braço a torcer.

Fábio Gomes é só mais um personagem catártico desse mundo nevrálgico atleticano. Mas, se talvez ele não for o novo Dadá, ele também não precisa da conclusão afoita de ser o boneco de vodu para sofrer espetos desnecessários da Massa.

Nem sempre conclusão e posição fora de hora é sinal de tudo saber. Nem todo mundo será Hulk, mas vale lembrar que : coadjuvantes também ganham Oscar e levantam taças.

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Jogada10

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook

Publicado em

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para Simular Maquiagem

Se você gosta de testar diferentes looks e estilos de make, você está no...

Melhores Apps de Bate-papo e Namoro para Pessoas com Mais de 50 Anos

Encontrar conexões significativas é importante em qualquer fase da vida. Para pessoas com mais...

Aplicativo Manual do Eletricista

No mundo moderno, a eletricidade é essencial em nossas vidas diárias, e saber lidar...