Faesp dá posse aos integrantes das Comissões Técnicas

spot_img

Faesp

Nesta sexta-feira (28), a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) empossou os membros das 16 comissões técnicas, em uma reunião no auditório da Federação, em São Paulo. O evento contou com a presença de produtores de diversas cadeias produtivas, líderes do setor, presidentes de sindicatos rurais e autoridades.

Na abertura, o presidente do Sistema Faesp/Senar, Fábio Meirelles, ressaltou a importância do trabalho das comissões.

“As comissões técnicas têm atendido às expectativas e atuado de forma estratégica e responsável, no sentido de coletar mais subsídios técnicos para embasar as decisões de nossa Federação. O agronegócio brasileiro, em particular o paulista, é moderno e sustentável, e estamos comprometidos em defender os direitos dos produtores”, diz.

O vice-presidente do Sistema Faesp/Senar, Tirso Meirelles, destacou os obstáculos atuais enfrentados pelo agronegócio brasileiro, incluindo as invasões frequentes de propriedades rurais em todo o país e as altas taxas de juros que impactam nos custos de todo o setor.

No entanto, Tirso Meirelles destacou as conquistas recentes do setor, incluindo a colaboração com o governo estadual para impulsionar o turismo rural, a implementação de projetos focados na sustentabilidade e no uso de tecnologia nas lavouras, medidas para garantir o cumprimento do direito à propriedade, bem como iniciativas para capacitar e melhorar a saúde das mulheres que trabalham no campo.

“Este é um momento muito feliz, em que fortalecemos as nossas Comissões Técnicas, que são fundamentais e feitas pelos produtores e lideranças regionais. Atualmente, nossas comissões representam cerca de 400 municípios do Estado de São Paulo, ouvindo quem está no campo e verificando suas necessidades para, a partir disso e em conjunto com os governos municipais, estadual e federal, formular políticas públicas que ajudem a manter os produtores nas atividades rurais, a diminuir a insegurança alimentar no país e fortalecer a economia”.

Meirelles também anunciou o desenvolvimento de uma escola de tecnologia agrícola em São Roque.

“Vamos iniciar a construção de uma escola voltada para tecnologia com mais de 7.500 metros quadrados para que possamos levar soluções tecnológicas e transformação digital aos pequenos e médios produtores e apoiá-los com o uso de dados e avanços tecnológicos”, disse

Para a senadora Damares Alves, que prestigiou o evento, o agro paulista é protagonista do setor nacional e deve servir como referência para desmistificar o agronegócio como vilão do meio ambiente e dos direitos humanos.

“O agro em São Paulo não é violador de direitos humanos. Precisamos falar sobre isso e reforçar que falsas narrativas que são impostas contra o agro. Precisamos nos unir e trabalhar para acabar com qualquer discurso que exista nesse sentido. Temos que mostrar o nosso compromisso não só com os direitos humanos, mas com a sustentabilidade, os direitos das mulheres e a capacitação dos produtores rurais”, destacou a ex-ministra.

Já o ex-deputado estadual Frederico d’Avila frisou que a Faesp jamais abandonou o produtor rural e, durante as últimas décadas, tem apresentado relevantes posicionamentos e soluções para o desenvolvimento do agronegócio do Estado de São Paulo e do País.

“É importante destacar também que a Faesp é formada por nomes importantes do setor e que suas Comissões Técnicas têm um papel importantíssimo, defendendo a produção agrícola e levantando as prioridades que devem ser debatidas na Câmara dos Deputados”, disse Frederico d’Avila.

Representando o governador Tarcísio de Freitas, o secretário de governo, Marcos Penido, reforçou o compromisso do estado de São Paulo com o desenvolvimento do agronegócio:

“O agronegócio é protagonista e os nossos produtores rurais precisam ser reconhecidos. Juntamente com entidades como a Faesp, vamos seguir garantindo a paz no campo, com segurança jurídica, condição necessária para impulsionar ainda mais a já pujante produção agropecuária do Estado de São Paulo”, completou Marcos Penido.

O secretário de Turismo e Viagens, Roberto de Lucena, também destacou a importância do agronegócio para estado de São Paulo e anunciou investimentos para o setor do Turismo Rural.

“No mês de maio vamos anunciar de forma oficial um programa de linha de crédito para o turismo rural. Será um programa único, não existe nada parecido no País, o que mostra o comprometimento do Governo com o agronegócio paulista”.

Também estiveram na solenidade o secretário de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo, Roberto de Lucena, o diretor executivo da Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (ITESP), Guilherme Piai, o diretor técnico do SEBRAE, Marcos Vinholi, e o diretor superintendente do SEBRAE, Nelson Hervey Costa.

Published on

últimos artigos

Aplicativos para ler livros grátis

Atualmente, a chance de ler livros grátis se tornou mais acessível do que nunca. Com...

Como Assistir Novelas com Aplicativos?

Você já imaginou poder assistir novelas com aplicativos a qualquer hora e em qualquer...

Aplicativos para Assistir Novelas Turcas

Se você é fã das emocionantes novelas turcas, sabe o quanto é importante ter...

Apps Grátis para Ouvir Rádio Ao Vivo

Você adora ouvir rádio ao vivo e quer saber como sintonizar as suas estações...

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para ler livros grátis

Atualmente, a chance de ler livros grátis se tornou mais acessível do que nunca. Com...

Como Assistir Novelas com Aplicativos?

Você já imaginou poder assistir novelas com aplicativos a qualquer hora e em qualquer...

Aplicativos para Assistir Novelas Turcas

Se você é fã das emocionantes novelas turcas, sabe o quanto é importante ter...