Flor de Rap e seu álbum mais especial: “Apesar de fazer outros estilos, rap é a minha praia” | televisão e programa

spot_img

Anúncios

Uma das principais vozes da cena urbana nacional, Flor de Rap, está abrindo. Seu novo álbum se chama “33”, assim como sua idade, e contém seis músicas que compõem sua produção mais importante.

Em conversa com o jornalista José Tomás Suazo, a artista comentou que descobriu o hip hop aos oito anos, quando um dos irmãos lhe deu uma cassete do americano Vico C.

Agora ele reafirma sua ligação com o gênero musical através de canções como “My Testament”, “I Miss You” e “Hip Hop Nation”. Segundo o que ele disse, ele os escreveu depois de sonhar com eles e tem uma explicação.

“Acho que é daí que vem o sonho. Aquela necessidade, aquela vontade de desabafar. Embora eu possa fazer outros estilos e coisas, o rap é a minha coisa. É o meu jeito, meu método de desabafar através de um pedaço de papel, através desta poesia”, disse.

Uma das novidades de “33” é a realização de seis videoclipes que juntos formam um filme e para o qual recrutou atores conhecidos, como Ignacia Uribe, que fez parte da série de televisão “Pacto de sangue”.

Além disso, a artista referiu-se à incorporação de elementos da música gospel no novo álbum e que, anteriormente, explorou em “Inmarchitable”, um dos seus primeiros êxitos.

“Muito rap vem de lá também. Gospel é maravilhoso e meu marido, Niro Ruiz, que é o produtor executivo disso, tem uma queda por todas essas harmonias, coral gospel e arte. Então, queríamos mostrar toda essa beleza que amamos, ouvimos diariamente e praticamos junto com a equipe”, expressou.

Publicado em

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para Simular Maquiagem

Se você gosta de testar diferentes looks e estilos de make, você está no...

Melhores Apps de Bate-papo e Namoro para Pessoas com Mais de 50 Anos

Encontrar conexões significativas é importante em qualquer fase da vida. Para pessoas com mais...

Aplicativo Manual do Eletricista

No mundo moderno, a eletricidade é essencial em nossas vidas diárias, e saber lidar...