Memórias para o futuro: MSSA e Bairro República celebram o Dia do Património com atividades | Artes e Cultura

spot_img

Nos dias 27 e 28 de maio, será realizada uma nova celebração do Dia do Patrimônio, instância em que o Museu Solidário Salvador Allende participará com diferentes atividades gratuitas.ƒ

Como todos os anos, o Museu Solidário Salvador Allende associa-se às atividades do Dia do Património, cujo tema este ano é “Memórias para o futuro”. Nos dias 27 e 28 de maio, será realizada uma nova celebração deste dia, instância em que o Museu Solidário Salvador Allende (MSSA) fará parte dela com atividades gratuitas relacionadas às suas exposições.

Rota do Património

As atividades terão início no sábado, 27 de maio, às 11h, com a Rota do Patrimônio Natural do Bairro República, que será facilitada pelo coletivo artístico Agencia de Borde, em colaboração com a educadora ambiental do Huertxescuela MSSA, Natalia Pereira. O passeio terá como objetivo reconhecer o património natural do bairro (árvores e plantas), através de um passeio desenhado onde será construído um caderno de viagem – formato fanzine – para registar as diferentes reflexões que surgem durante o percurso.

“Através destas experiências sensoriais coletivas, abrem-se questões sobre a nossa relação com as árvores que encontramos pelo caminho. Preconceitos sobre as espécies estão sendo deixados de lado para dar lugar a apreciações estéticas e críticas, que nos fazem duvidar dos discursos usuais, baseados na distinção entre cultura humana e natureza.”, explica Paula Salas, integrante da Agencia de Borde, coletivo responsável pela exposição Bosques de Fuego, atualmente exposta no segundo andar do MSSA. Quem quiser fazer parte do passeio deve se inscrever neste link.

Oficina inicial de eletrônica

Nesse mesmo sábado, a partir das 15h30, primeiro dia de Aparelhos ópticos: Oficina inicial de eletrônica para jovens. Este workshop transdisciplinar, facilitado por Leonardo Peña, Engenheiro Eletricista com experiência em Machine Learning, terá como ponto de partida as esculturas cinéticas da exposição Bodysculpture: Memória a partir da urgência do presente, em relação aos fenômenos físicos da luz, do corpo e da imagem.

escultura corporal
Escultura Corporal | cedido

“Na oficina serão abordados conceitos relacionados à matemática, ciências e tecnologia a partir de uma metodologia prática focada na confecção de um objeto (um por participante). O objeto será um disco semitransparente, com cores definidas por cada assistente que, ao girar, formará uma cor resultante como uma “mistura” das cores do disco. Em seguida, trabalharemos com eletrônica e programação, usando uma placa arduino, e acoplaremos o disco ao eixo de um motor para que ele gire na velocidade que o usuário decidir. Ao final, será dado espaço para experimentar os efeitos óticos que podem ser gerados com o aparelho”, aponta Leonardo Peña.

A oficina inclui materiais e terá uma segunda sessão no domingo, dia 28, às 15h30. As pessoas que desejam participar desta atividade devem se inscrever através do formulário neste link.

Raul Ruiz

Para os interessados ​​na exposição Raúl Ruiz: o olho que mente, e nos filmes do cineasta, na tarde de domingo 28 será realizada uma mediação junto com o jornalista e diretor artístico da Sala K, Christian Ramírez.

“O objetivo destas sessões é não só dar conta da faceta de Raúl Ruiz enquanto cineasta ou artista plástico, mas também perspetivar o seu legado do ponto de vista patrimonial. O legado de Raúl Ruiz é muito mais do que um conjunto de filmes ou um bom número de teorias cinematográficas: a sua obra capta parte do património cultural e social nacional. Nesse sentido, deve estar à disposição de quem se preocupa com o sentido do ‘que é chileno’, sensações, tradições, humor e a forma de comunicação que desenvolvemos ao longo das décadas”, comenta Christian Ramírez. .

raul ruiz o olho que mente
“O olho que mente” Raul Ruiz | cedido

Esta atividade é gratuita e decorrerá a partir das 16h00 no segundo piso do MSSA. Para participar você deve se inscrever aqui.

resistência e memória

Além das atividades presenciais no MSSA, você está convidado a conhecer “Resistência e Memória no Bairro República”, campanha que a Mesa de Cultura do Bairro República realizará por meio de suas redes sociais. Ao longo do fim de semana dedicado ao Dia do Património, vão publicar testemunhos de moradores de diferentes idades, destacando a experiência de habitar o bairro em diferentes momentos históricos.

A organização é da Arteduca, Universidad los Lagos, Faculdade de Arte UDP, Comedor Popular Margarita Ancacoy, JJ.VV. e o Programa de Intervenção Comunitária da UDLA.

Published on

últimos artigos

Aplicativos para ler livros grátis

Atualmente, a chance de ler livros grátis se tornou mais acessível do que nunca. Com...

Como Assistir Novelas com Aplicativos?

Você já imaginou poder assistir novelas com aplicativos a qualquer hora e em qualquer...

Aplicativos para Assistir Novelas Turcas

Se você é fã das emocionantes novelas turcas, sabe o quanto é importante ter...

Apps Grátis para Ouvir Rádio Ao Vivo

Você adora ouvir rádio ao vivo e quer saber como sintonizar as suas estações...

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para ler livros grátis

Atualmente, a chance de ler livros grátis se tornou mais acessível do que nunca. Com...

Como Assistir Novelas com Aplicativos?

Você já imaginou poder assistir novelas com aplicativos a qualquer hora e em qualquer...

Aplicativos para Assistir Novelas Turcas

Se você é fã das emocionantes novelas turcas, sabe o quanto é importante ter...