Messi, o homem que conquistou 35 títulos para o Barcelona: veja os números

spot_img

Anúncios

Quando falamos em Barcelona, imediatamente associamos a camisa blaugrana a Lionel Messi, indiscutivelmente o maior ídolo da historia do clube catalão. Não seria exagero dizer que o argentino simplesmente transformou para sempre a trajetória do Barça, que subiu um patamar no cenário esportivo mundial: de grande clube espanhol e uma das maiores potências do planeta.

Os momentos mais emblemáticos de Messi com a camisa do Barcelona

Os números mostram: desde que estreou oficialmente como profissional, em 2005, o Barcelona passou de 48 para 83 títulos, ou seja. O camisa 10 foi o responsável direto pela conquista de 35. Antes de Messi, o clube havia conquistado apenas uma vez a Liga dos Campeões. Hoje, tem cinco. Supertaças Europeias? De duas para cinco. Mundiais? Sem o argentino, nenhum. Com ele, três.

Messi exibe o troféu de campeão mundial interclubes, em 2009, considerada a temporada perfeita do Barcelona – Imago Images

Em nível nacional, o Barcelona sempre andou à sombra do Real Madrid. Mas de 2005 para cá as coisas mudaram. Antes, o time havia vencido 16 ligas, mas sob a batuta de Messi ganhou mais dez. E com a Copa do Rei foi o mesmo. Com ele vestindo a 10, os catalães conquistaram a taça sete vezes e hoje são os maiores vencedores da competição, com 31. A Supertaça da Espanha vem no embalo. Sem ele foram apenas cinco, mas agora são 13. Isto sem falar na inesquecível temporada de 2009, quando Messi comandou os catalães a impressionante conquista do sexteto fantástico: Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supertaça da Espanha, Liga dos Campeões, Supercopa Europeia e Mundial de Clubes. Um feito jamais alcançado.

Individualmente falando, Messi também quebrou todos os tipos de recordes. Fez 633 gols é o maior artilheiro da história do Barcelona e, com 444, também é o maior goleador do Campeonato Espanhol. Tem 778 jogos, o que o coloca no topo da lista de jogadores que mais vestiram a camisa do Barça: 63.507 minutos em campo, 80 cartões amarelos e apenas um vermelho, justamente na temporada passada, na final da Copa do Rei, contra o Athletic Bilbao. Ele ganhou seis vezes o prêmio de melhor do mundo e é recordista do Prêmio Pichichi, dado ao melhor jogador do Campeonato Espanhol: sete vezes.

Messi é insubstituível.

Siga o Jogada10 nas redes sociais Twitter, Instagram e Facebook

Mais de Futebol Internacional



VerMatéria Original

Publicado em

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para Simular Maquiagem

Se você gosta de testar diferentes looks e estilos de make, você está no...

Melhores Apps de Bate-papo e Namoro para Pessoas com Mais de 50 Anos

Encontrar conexões significativas é importante em qualquer fase da vida. Para pessoas com mais...

Aplicativo Manual do Eletricista

No mundo moderno, a eletricidade é essencial em nossas vidas diárias, e saber lidar...