Transferências entre multifundos AFP registam a maior quebra trimestral desde 2013 | Economia

spot_img

Anúncios

As transferências entre multifundos registaram a maior quebra trimestral desde 2013: o Fundo E foi o que mais ganhou filiados e o Fundo A o que mais perdeu.

Segundo boletim da consultoria Ciedess, em março de 2023 foram registrados 93.248 repasses (1,6% do total de contribuintes e 0,8% do total de filiados naquele mês), o que equivale a um aumento de 17,5% em relação ao mês anterior e uma queda de -70,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Do total de transferências, sublinhou o consultor, “62% corresponderam a alterações na mesma AFP (57.508 transferências), enquanto os restantes 38% foram movimentações para outra entidade (35.740 transferências)”.

Desta forma, até o momento em 2023 (janeiro-março) foi registrada uma média mensal de 87.322 transferências, caindo -57,2% em relação ao mesmo período de 2022 (204.079 transferências médias) e sendo o primeiro trimestre com menor quantidade de transferências desde 2013 (69.058 transferências médias).

Os valores transferidos em março de 2023 totalizaram $ 2.002.515 milhões, equivalentes a 1,3% dos fundos de pensão administrados naquele mês.

Fundo B é o que mais perde no trimestre

Segundo o Ciedess, o fundo com maior número de repasses líquidos (adições menos saques) em março de 2023 foi o E, com 11.956 adições líquidas; enquanto o fundo A registrou o caso contrário, com um líquido de -10.161 movimentos.

Já os resultados dos fundos B, C e D foram -8.142, 3.266 e 3.081 transferências líquidas cada.

Por sua vez, o panorama durante 2023 (janeiro-março) foi o fundo E que registrou o maior número de transferências, com 27.473 adições líquidas; enquanto o fundo B registrou o caso contrário, com um líquido de -20.860 movimentos.

Por sua vez, os resultados dos fundos A, C e D foram -18.750, 4.794 e 7.343 transferências líquidas respectivamente,

UNO é a AFP com pior balanço

Pela AFP, a Provida foi a que apresentou o maior número de transferências líquidas (mais incorporações do que retiradas por transferências), com 2.183 filiados líquidos; enquanto o oposto foi mostrado pela AFP UNO, com -1.704 transferências líquidas.

Neste ano, janeiro-março de 2023, a Provida também é a AFP com melhor saldo, com 6.768 transferências líquidas; enquanto o Uno registra o cenário inverso, com -4.893 saídas líquidas.

Publicado em

artigos RECOMENDADOS

Aplicativos para Simular Maquiagem

Se você gosta de testar diferentes looks e estilos de make, você está no...

Melhores Apps de Bate-papo e Namoro para Pessoas com Mais de 50 Anos

Encontrar conexões significativas é importante em qualquer fase da vida. Para pessoas com mais...

Aplicativo Manual do Eletricista

No mundo moderno, a eletricidade é essencial em nossas vidas diárias, e saber lidar...