Um homem preso em Manresa pela morte de sua parceira grávida

Publicidade

  • Os Mossos prenderam um homem como suposto autor da morte de sua companheira em 6 de maio em Manresa.

  • A vítima de 31 anos estava grávida quando morreu e a polícia, que inicialmente descartou uma morte violenta, agora está investigando como violência de gênero.

EUROPA PRESS / BARCELONA Mossos d’Esquadra Eles prenderam nesta segunda-feira um homem por alegadamente matar a sua casalque ela estava grávida, em Manresa (Barcelona) em 6 de maio, fontes do corpo explicaram a Europa Imprensa.

Inicialmente, a polícia catalã não percebeu sinais de criminalidade e portanto não tratou a entrada como uma morte violenta.

Mesmo assim, o musgos abriu uma investigação e uma vez consultou os resultados do autópsia descobriu que era um morte violenta e eles prenderam o suspeito.

A causa é investigada por Tribunal de Violência sobre a Mulheres de Manresa e nesta segunda-feira o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) detalhou que não houve reclamações violência anterior entre os vítima e detido.

uma equipe de forense cuidou de elevação do cadáver e quando o juiz ha recebido seu relatório concordou com vários afazeresadicionou o TSJC.

Ele crime Aconteceu na madrugada de 6 de maio no bairro de La Sagrada Familia e os agentes chegaram ao local por volta 9 horas do mesmo dia.

Popular